Com objetivo de apoiar a tomada de decisão baseada em evidências, organizações integrantes da Coalizão Aprendendo Sempre realizaram pesquisas com diferentes públicos para entender seus desafios, preocupações e desejos. Veja os levantamentos na íntegra e suas principais conclusões.

Os levantamentos na íntegra:

1 – Sentimento e percepção dos professores brasileiros nos diferentes estágios do Coronavírus no Brasil (quatro pulsos)
Por Instituto Península

Março de 2020 – pulso 1  / 1.536 professores da educação básica
Maio de 2020 – pulso 2 / 7.773 professores da educação básica
Agosto de 2020 – pulso 3 / 3.893 professores da educação básica
Novembro de 2020 – pulso 4/ 2.961 professores da educação básica

2 – Pesquisa: Educação escolar em tempos de pandemia na visão de professoras/es da Educação Básica
Por Fundação Carlos Chagas

Maio de 2020 / 14.285 docentes de todas as 27 unidades da federação

3 – Educação não presencial na perspectiva dos estudantes e suas famílias (cinco ondas)
Por Fundação Lemann, Imaginable Futures e Itaú Social

Maio de 2020 – onda 1 / 1.028 responsáveis por 1.518 estudantes

Junho de 2020 – onda 2 / 1.018 responsáveis por 1.518 estudantes
Julho de 2020 – onda 3 / 1.056 responsáveis por 1.518 estudantes
Setembro de 2020 – onda 4 / 1.021 responsáveis por 1.518 estudantes
Novembro de 2020 – onda 5 / 1.015 responsáveis por 1.466 estudantes

4 – Juventudes e a Pandemia de Coronavírus
Por Coordenada pelo Conselho Nacional da Juventude (CONJUVE) e parceiros: Visão Mundial, UNESCO, Em Movimento, Rede Conhecimento Social, Porvir e Mapa Educação

Maio de 2020 / 33.688 jovens de 15 a 29 anos

 

Conclusões

– Retratos da educação no Contexto da pandemia do Coronavírus
Por Fundação Carlos Chagas, Fundação Lemann, Fundação Roberto Marinho, IEDE, Instituto Península, Itaú Social

Agosto de 2020

Outubro de 2020

Parceiros de conteúdo